Engenharia Ambiental Subterrânea e Aplicações

Portada
CYTED-CETEM, 2005 - 550 páginas
Primeira parte: O ambiente e a indústria extractiva; Capítulo 1: A crescente importância da engenharia ambiental; Capítulo 2: metodologia para minas subterrâneas; Segunda parte: Gestão do ambiente subterrâneo; Capítulo 3: Contaminação da atmosfera subterrânea; Capítulo 4: Água subterrânea e drenagem ácida; Capítulo 5: Instabilidade e desabamento de rochas; Capítulo 6: Economia do ambiente subterrâneo; Terceira parte: Aplicação a minas portuguesas e peruanas; Capítulo 7: Aplicação à mina de neves corvo; Capítulo 8: Aplicação à mina da Panasqueira; Capítulo 9: Aplicação à mina de San Rafael; Quarta parte: Aplicação a novos projectos e sistemas de gestão ambiental subterrânea; Capítulo 10: Análise de casos estudados; Capítulo 11: Aplicação a novos projectos; Capítulo 12: Sistemas de gestão para o ambiente subterrâneo; Quinta parte: aspectos finais.
 

Comentarios de usuarios - Escribir una reseña

No hemos encontrado ninguna reseña en los sitios habituales.

Términos y frases comunes

Pasajes populares

Página 547 - Subprogramas por Áreas Temáticas APOYO A POLÍTICAS DE CIENCIA Y TECNOLOGÍA I. METODOLOGÍA EN CIENCIA Y TECNOLOGÍA Dr. Jesús Blanco Álvarez XVI. GESTIÓN DE LA INVESTIGACIÓN Y EL DESARROLLO TECNOLÓGICO Dra. María Carlota de Souza Paula MEDIO AMBIENTE XII. DIVERSIDAD BIOLÓGICA Dr. Peter Mann de Toledo XV. CORROSIÓN E IMPACTO AMBIENTAL SOBRE MATERIALES Dra. M".
Página 440 - As medidas de protecção colectiva são formas de intervenção ao nível estrutural tais como: actuação sobre a fonte produtora de ruído e actuação sobre as vias de propagação, como é o caso do isolamento anti-vibratório, tratamento acústico das superfícies e cabinas. A medida de organização é relacionada com a diminuição do tempo de exposição do homem, que é possível conseguir, por exemplo, com a rotação do pessoal.
Página 547 - IX. MICROELECTRONICA Dr. Jordi Águila TECNOLOGÍA DE LA SALUD Y DE LA ALIMENTACIÓN II. ACUICULTURA Dr. Manuel M. Murillo (II) III. BIOTECNOLOGÍA Dr. Mitermayer Galvao dos Reís X. QUÍMICA FINA FARMACÉUTICA Dr. Mahabir P. Gupta XI. TRATAMIENTO Y CONSERVACIÓN DE ALIMENTOS Dra. Jenny Rúales Nájera (XI) XIX. TECNOLOGÍAS AGROPECUARIAS Dr. José Ramón Díaz Alvarez TECNOLOGÍA DE LOS MATERIALES V.
Página 547 - ... APROVECHAMIENTO Y GESTIÓN DE RECURSOS HÍDRICOS Dra. Alicia Fernández Cirelli XVIII. TECNOLOGÍAS DE PREVISIÓN Y EVALUACIÓN DE DESASTRES NATURALES Dr. Hugo Alfonso Yepes Arostegui RECURSOS ENERGÉTICOS IV. BIOMASA COMO FUENTE DE PRODUCTOS QUÍMICOS Y ENERGÍA Dr. Roberto E. Cunningham VI. NUEVAS FUENTES Y CONSERVACIÓN DE LA ENERGÍA (EXCLUIDA BIOMASA) Dr. Luis Roberto Saravia (VI) TECNOLOGÍA DE LA INFORMACIÓN Y DE LAS COMUNICACIONES VIL ELECTRÓNICA E INFORMÁTICA APLICADAS Dr Ricardo...
Página 547 - ... Jenny Rúales Nájera (XI) XIX. TECNOLOGÍAS AGROPECUARIAS Dr. José Ramón Díaz Álvarez TECNOLOGÍA DE LOS MATERIALES V. CATÁLISIS Y ADSORBENTES Dr. Paulino Andreu VIII. TECNOLOGÍA DE MATERIALES Dra. Osmara Ortíz Núñez XIII. TECNOLOGÍA MINERAL Dr. Roberto Cerrini Villas Boas XIV. TECNOLOGÍA DE VIVIENDAS DE INTERÉS SOCIAL Dr. Edin de Jesús Martínez Ortega (XIV...
Página 19 - Desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de terem as suas necessidades satisfeitas.
Página 19 - Os seres humanos constituem o centro das preocupações relacionadas com o desenvolvimento sustentável. Têm direito a uma vida saudável e produtiva em harmonia com o meio ambiente".
Página 434 - A grande diferença da potência de motor diesel utilizada na mina de San Rafael é porque o sistema de transporte principal é realizado mediante camiões com motor diesel até o exterior, ou seja, o sistema utilizado é quase em 100% trackless mining, mas nas minas de Neves Corvo e Panasqueira é por sistema de extracção em poços verticais e inclinados.
Página 530 - Diesels in Underground Mines. Proceedings: Bureau of Mines Technology Transfer Seminar, Louisville, KY, April 21, 1987, and Denver, CO, April 23, 1987, comp.
Página 433 - O caudal mínimo admissível nas minas de Neves Corvo e Panasqueira (Portugal) são menores do que na mina de San Rafael (Peru), pelo facto que a norma peruana considerar o caudal mínimo admissível em função da altitude, e estando esta acima de 4000 m, o caudal é praticamente o dobro do requerido nas minas portuguesas.

Información bibliográfica